top of page
blog-titele.png
fundo_bco.png
Buscar
  • Foto do escritorTreinam Mentorias


Gradualmente, sabemos que as mulheres têm conquistado cada vez mais espaço no cenário da música, quebrando barreiras e demonstrando determinação e competência em todas as áreas da indústria. Apesar disso, ainda há desafios a serem encarados, principalmente no que diz respeito à igualdade de oportunidades e à visibilidade no mercado da música. É nesse contexto que iniciativas como a Treinam surgem e se destacam, não apenas como uma plataforma de capacitação, mas como um movimento potente de mulheres na música.

A Treinam - Turma Remota de Ensino Intensivo para Artistas Mulheres - se consolida como muito mais que um programa de treinamento online. É um manifesto de resistência, uma afirmação da potência e garra das mulheres na música em coletividade. Idealizado para capacitar musicistas, a Treinam é um programa personalizado , único e completo de autogestão e music business. No treinamento , são apresentadas ferramentas e conhecimentos necessários para se destacarem neste mercado, desafiador e majoritariamente masculino.

Ao promover a profissionalização das musicistas em diferentes aspectos, a Treinam contribui para a transformação da mercado da música, fazendo a sua parte para que seja um ambiente muito mais equânime, inclusivo e diverso.

A Treinam estimula ainda a coletividade, através de sua comunidade forte e madura de musicistas brasileiras, que reflete a pluralidade de gêneros musicais, sotaques e regiões do país, enriquecendo o mercado com mais vozes e perspectivas artísticas.

Treinam Apresenta: Celebrando Mulheres na Música

Como extensão da Treinam, o "Treinam Apresenta" é o festival autoral exclusivo para as alunas do programa, onde as mesmas têm a oportunidade de mostrar sua arte em um ambiente acolhedor e receptivo. Mais do que uma simples apresentação, o Treinam Apresenta é a manifestação da comunidade Treinam, e a concretização da diversidade e a criatividade artística das nossas alunas-artistas, características que tornam nossa indústria bem mais rica e vibrante.

Em um mercado da música ainda marcado por desafios, entre eles, a desigualdades de gênero, iniciativas como a Treinam são fundamentais não apenas para capacitar e revelar artistas mulheres de todo o país, mas também promover uma mudança estrutural que torne o setor mais inclusivo e equânime. Ao investir em mulheres na música, a Treinam não só transforma vidas individuais, mas também contribui para a construção de uma coletividade consciente de mulheres musicistas que, cada uma a sua maneira e juntas, tornam o mercado mais justo, refletindo toda a riqueza da diversidade artística do país.

12 visualizações0 comentário

Um novo relatório da Chartmetric apresenta estatísticas sombrias sobre o quão difícil é ter sucesso na música, com a grande maioria classificada como “Não descobertos” – que define como artistas que ainda não estabeleceram uma marca ou seguidores.

Nunca foi fácil fazer sucesso como artista ou banda na indústria musical. Mesmo com a chamada "democratização da criação musical" na década de 2000, é evidente que a distribuição e o marketing de música nas redes sociais ainda não tornaram as coisas menos difíceis. Sabemos disso, mas até agora nunca fomos capazes de atribuir um indicador fidedigno que meça essa dificuldade.

De acordo com a Charmetric, plataforma de análise de dados de streaming e mídias sociais, a maioria dos artistas que chegam ao nível Mainstream já saltam diretamente da categoria Midstream e não da categoria "Desconhecido" . Isso significa que provavelmente já teve um sucesso considerável antes de chegar ao estrelato. Isso também significa que artistas da música não devem usar um vídeo viral do TikTok como estratégia.

Cerca de 12% dos artistas em desenvolvimento conseguiram ascender ao estatuto de nível médio (12.000 a 35.000), mas muito menos saltaram para as categorias mais altas. Apenas 0,25% dos artistas em desenvolvimento saltaram da categoria de nível médio para alcançar Mainstream (1.500 a 12.000) ou Superstar (top 1.500).

Os números não mentem, e então aí. Números do mundo real sobre como é difícil ter sucesso no mundo da música. Agora é importante compreender que “sucesso” significa coisas diferentes para pessoas diferentes. Alguns músicos ficam perfeitamente felizes ganhando a vida tocando música, enquanto outros desejam levar sua música ao maior número de pessoas possível. “Conseguir” é diferente em ambos os casos.

Dito isso, se você sonha em se tornar uma estrela da música, não espere que se tornar viral no TikTok ou no Instagram faça isso por você.

Fonte: Music 3.0 - Tradução livre.

11 visualizações0 comentário

Brasil protagoniza novo capítulo do debate sobre a regulação das plataformas digitais, que este ano será levado para o centro da agenda do G20.

O Rio de Janeiro recebe o encontro, que reúne as maiores economias do mundo, e desta vez, o objetivo é que o tema tenha um espaço de destaque nas discussões do grupo.

Esse assunto está em alta, e não é de hoje. Anos atrás, as discussões em torno do Marco Civil da Internet já refletiam a problemática da falta de regulamentação das plataformas digitais.

A TREINAM entende que além de urgente, a regulamentação sobre a atuação das big techs e demais plataformas digitais de conteúdo é mais que necessária, é fundamental para que haja transparência e ética, além de uma distribuição justa de valores de royalties nos ambientes digitais.

9 visualizações0 comentário
bottom of page